Press Releases

Sonae apresenta crescimento e rentabilidade

2018-11-14
1. PRINCIPAIS DESTAQUES DOS PRIMEIROS NOVE MESES DE 2018:
  • Volume de negócios da Sonae aumentou 7% para 4.236 M€, com crescimento de todos os negócios
  • Melhoria da rentabilidade, com subida de 3,5% do EBITDA subjacente
  • Resultado líquido cresceu de 133 M€ para 200 M€
  • Investimento aumentou para 480 M€

Ângelo Paupério, Co-CEO da Sonae, afirma: "Nos primeiros nove meses de 2018, a Sonae continuou a apresentar resultados sólidos em todo o seu portfólio de negócios. O volume de negócios consolidado cresceu 7% face ao ano anterior, com contribuições positivas de todas as unidades de negócio, e o EBITDA subjacente aumentou 3,5% para 233 milhões de euros. O resultado líquido cresceu 50% para 200 milhões de euros, impulsionado por um forte aumento dos resultados indiretos.

No 3º trimestre a Sonae MC continua a merecer destaque, quer pelo forte crescimento do volume de negócios quer pela estabilização da rentabilidade a níveis de referência. Neste período ficou concluída a reorganização de participações e reestruturação do novo perímetro desta unidade de negócio, assegurando os objetivos de autonomia e agilidade definidos e permitindo que passe a operar com um modelo de governo totalmente alinhado com as melhores práticas de empresas cotadas. Infelizmente, já em outubro, a Sonae optou por decidir retirar a sua intenção de admitir à negociação as ações da Sonae MC, que se ficou a dever a condições de mercado particularmente adversas.

Igualmente relevante e também neste trimestre, a Sonae concluiu a aquisição de 20% da participação na Sonae Sierra, um importante marco no aumento do perfil internacional do grupo, através do reforço da sua participação e influência neste operador de referência no setor imobiliário de retalho. Não obstante esta aquisição e a consolidação do balanço da Sonae Sierra, a Sonae continuou a reforçar a sua estrutura de capitais e a reduzir os seus níveis de alavancagem.


2. ANÁLISE CONSOLIDADA

Todos os negócios aceleram crescimento
Numa perspetiva estatutária, o volume de negócios consolidado da Sonae cresceu 7,0% nos 9M18 face ao mesmo período do ano passado, para 4.236 M€, impulsionado por mais um trimestre positivo (+7,7% de crescimento do volume de negócios no 3T18) de todos os negócios consolidados.
O EBITDA da Sonae ascendeu a 270 M€ nos 9M18, +1,7% em termos homólogos, beneficiando de um aumento de 3,5% do EBITDA subjacente juntamente com uma evolução ainda melhor do resultado obtido pelo método de equivalência patrimonial, que cresceu 29,6% para 47 M€.
O resultado indireto atingiu 114 M€ nos 9M18, sendo de salientar no 3T18 um ganho de capital de 46 M€ resultante da aquisição da participação de 20% da Sonae Sierra.
O resultado líquido atribuível a acionistas aumentou de 133 M€ para 200 M€ nos 9M18, traduzindo o aumento de vendas e da rentabilidade, bem como dos resultados indiretos.
O investimento ascendeu a 480 M€, devido à aquisição de 20% na Sonae Sierra e ao plano de expansão e remodelação de lojas.

Redução de 144 milhões de euros da dívida em base comparável
A Sonae reforçou a sua solidez financeira, com a dívida líquida da Sonae a situar-se em 1.539 M€ no final dos 9M18, incluindo a aquisição de 20% da Sonae Sierra por 256 M€ e a consolidação da dívida da empresa. Tendo em conta os valores reexpressos (pro-forma), ou seja, incluindo a consolidação integral da dívida líquida da Sonae Sierra no final dos 9M17, a dívida líquida da Sonae teria diminuído €144 M (ou 10,1%) em termos homólogos, para €1.283 M.
O gearing médio contabilístico situou-se em 0,6x, uma ligeira melhoria quando comparado com o 3T17, e a estrutura de capitais foi uma vez mais reforçada, sendo atualmente composta por 67% de capital próprio (incluindo a dívida da Sonae Sierra integralmente consolidada), um aumento de 4,0 p.p. face ao ano passado.
A Sonae foi capaz de manter um custo médio das linhas de crédito utilizadas baixo (1,0% nos 9M18) com uma maturidade média da dívida de 3 anos.

Criação de mais de 2.000 postos de trabalho e apoio a mais de 900 instituições
O crescimento das várias áreas de negócios, dentro e fora de Portugal, tem contribuído para um reforço das equipas e competências das diversas áreas de negócio. Assim, a Sonae criou mais de 2.000 postos de trabalho nos últimos 12 meses, tendo terminado os primeiros nove meses do ano com mais de 45 mil colaboradores.
A Sonae também reforçou o seu compromisso com a comunidade, tendo apoiado cerca de 900 instituições em todo o país, através de bens materiais, competências e recursos financeiros. Entre as áreas de atuação beneficiárias dos apoios da Sonae estiveram a Solidariedade Social, a Cultura, a Educação, a Sensibilização ambiental e a Saúde e Desporto.

Ver comunicado integral em anexo
Voltar aos Press Releases
Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela SONAE. Ler Mais