Press Releases
 Prémio Sonae Media Art anuncia finalistas da segunda edição

Prémio Sonae Media Art anuncia finalistas da segunda edição

2017-02-23
Júri selecionou cinco finalistas entre as 147 candidaturas recebidas.

A edição de 2017 do Prémio Sonae Media Art, o maior projeto português de incentivo à produção de arte na área dos novos media, já tem os cinco artistas finalistas: André Martins, André Sier, Nuno Lacerda, Rodrigo Gomes e Sofia Caetano.

A iniciativa promovida pela Sonae em parceria com o Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado [MNAC-MC] é bienal e tem como objetivo distinguir e divulgar criações artísticas na área de media art.

De um universo de 147 candidaturas recebidas, foram validadas 123 e escolhidos os cinco finalistas. Os trabalhos apresentados, no mínimo duas obras e no máximo quatro obras por cada candidatura, foram avaliados por um júri de seleção, composto por Teresa Cruz (investigadora, especialista em Teoria dos Media e das Artes Contemporâneas e docente universitária), António Sousa Dias (compositor, investigador nos domínios do multimédia e da instalação e docente universitário) e Adelaide Ginga (curadora e historiadora da arte).

O Júri desta segunda edição reiterou os critérios em que baseou a sua decisão privilegiando mais uma vez os trabalhos em linguagem multimédia, dando particular relevo às dinâmicas interdisciplinares das obras apresentadas a concurso que têm correspondência e corroboram a sua coerência nos percursos artísticos dos cinco finalistas, que reúnem as condições de qualidade artística e concetual, inovação de projeto e capacidade interdisciplinar no entendimento do conceito media art.

A cada um dos cinco artistas finalistas é atribuída uma bolsa de € 5.000, destinada à criação de uma obra inédita. Os trabalhos dos artistas finalistas serão expostos no MNAC - Museu do Chiado a partir de finais de novembro de 2017.
O vencedor do Prémio Sonae Media Art será escolhido entre os cinco finalistas, através de uma avaliação das obras em exposição. O júri de premiação será constituído por: Filipa Oliveira (curadora e atual diretora artística do Fórum Eugénio de Almeida em Évora), Nuno Crespo (docente universitário e investigador nas áreas da estética, teoria e crítica da arte, arquitetura e filosofia) e Ramus Vestergaard (diretor e curador-chefe do DIAS – Digital Interactive Art Space, o primeiro kunsthalle dinamarquês com um foco específico em media art e arte digital). A decisão sobre o vencedor será anunciada em dezembro de 2017.

O Prémio Sonae Media Art é bienal e atribui um montante de € 40.000 ao artista vencedor. Esta iniciativa integra o acordo de mecenato celebrado entre a Sonae e o MNAC-MC em fevereiro de 2014 e enquadra-se na política de responsabilidade corporativa da Sonae, que procura promover a criatividade e a inovação, estimular novas tendências e aproximar a sociedade à arte, nomeadamente através de manifestações culturais de relevo que permitam experiências enriquecedoras de desenvolvimento pessoal e coletivo.
Voltar aos Press Releases
Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e recolha de dados estatísticos.
Ao prosseguir a navegação com cookies ativos está a consentir a sua utilização.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela SONAE. Ler Mais